Home Sexshop Ousadias

Estado do Tempo C

Pouco Nublado

02 Mar - 23:00

Tempo

Mapa

Jornal

Farmácias

Empresas

Onde Comer

Noite

Classificados

Contactos

Pesquisar

Porto XXI
Takitudo

Menu

Anedotas

Entretenimento Humor

Anedotas Diversas (671)

 

Anedota nº 1830

Diz o Nelito para o homem da padaria: - Ó senhor Joaquim, as migalhas... pagam-se? - Não! Mas que disparate!... Claro que não! - Então... esmigalhe-me ai meia duzia de bolos.

1 votos

 

Anedota nº 1829

Entre duas amigas: - Pois eu, quando tomo café não consigo dormir... - Olha, comigo acontece precisamente o contrario: quando durmo não consigo tomar café!...

1 votos

 

Anedota nº 1828

Um individuo vai com o seu cão ao cinema. O sujeito da cadeira ao lado, começa a ficar espantado ao ver que o cão ria e batia palmas, como se tivesse realmente a compreender o filme. Diz o sujeito para o dono do cão: - Estou admirado, o seu cão percebe o filme todo. - Ai está admirado?! Mais admirado estou eu! - Então... mas porque? - É que o meu cão... leu o livro e não gostou !...

2 votos

 

Anedota nº 1827

A familia foi assistir a parada militar em que o rapaz desfilava. Quando o seu regimento passava, o pai não se conteve de orgulho: - Puxa, no meio de tanta gente, o nosso filho é o unico com o passo certo!

1 votos

 

Anedota nº 1826

O Presidente da Organizacão recebe um dos seus empregados no escritorio: - Muito bem, o senhor tem demonstrado talento. Entrou para a nossa empresa ha pouco mais de um ano como Auxiliar de Escritorio, dois meses depois era Chefe de Seccão, hoje e Director Comercial de todas as empresas do grupo. Está contente com o seu trabalho e com as suas promocões? - Sim, sim. Muito obrigado, papá.

1 votos

 

Anedota nº 1825

- Ó senhor Doutor, o que hei-de fazer para não engravidar tantas vezes? - Minha senhora, beba um copo de agua! - Mas... antes de... ou... depois de... - Minha senhora... em vez de...

1 votos

 

Anedota nº 1824

Diario de uma atriz de cinema: Era de noite. Eu estava completamente nua, estava com a mão naquele objecto maravilhoso, ainda duro e seco. Acariciei-o, fazendo-o deslizar em meus seios. Ah como é bom e sensivel! Naquele instante tive uma sensacão do outro mundo. E ele continuava a descer em direcão à minha barriga, e cada vez mais para baixo. Até que senti um arrepio por todo o corpo. Nessa altura coloquei-o com geito e senti que escorregava na minha mão, todo molhado. Suspirei e lancei outro olhar, para aquele objecto maravilhoso. Respirei suavemente. - Ah!!! Como é bom tomar banho com Sabonete LUX!

2 votos

 

Anedota nº 1823

Cenário: o Circo: rufam os tambores e o domador de crocodilos vai fazer o seu numero mais perigoso. Despe as calcas, abre a boca ao crocodilo e coloca lá o seu sexo, ao mesmo tempo que vai dando murros na cabeca do animal. O publico levanta-se em aplausos a premiar a coragem do bravo domador, ao que o próprio replica: - Alguem do estimado publico quer vir aqui comprovar a sua coragem efectuando o mesmo exercicio? Faz-se silencio na sala, até que surge uma voz masculina: - Eu não me importo... só não quero que me deem murros na cabeca.

2 votos

 

Anedota nº 1822

O sujeito encontra um amigo árabe e diz:
É verdade que todo árabe sempre responde uma pergunta com outra pergunta?
Quem foi que te falou essa besteira?

1 votos

 

Anedota nº 1821

O electricista, entra na sala do hospital, onde estão os doentes submetidos a uns aparelhos de pulmão artificial, e anuncia: - E agora, pessoal, vamos a dar uma respiradela bem funda, que eu preciso de cortar a luz por uns 5 minutos.

1 votos

 

 

Categorias:

Pesquisar

Colabora com o SuperDivertido enviando-nos anedotas para o email sd@portoxxi.com

 

[Adicionar aos Favoritos]    []    [Webmasters- Coloque no seu site]    [Recomende a um amigo]

[CHAT]    [Livro de Visitas]    [Crianças Desaparecidas]    [Criação de Sites]

Copyright © 1999 PORTOXXI.com - Todos os direitos reservados