xxx16 Porto XXI - Cultura
Home

Sexshop Ousadias

Estado do Tempo C

Pouco Nublado

02 Mar - 23:00

Tempo

Mapa

Jornal

Farmácias

Empresas

Onde Comer

Noite

Classificados

Contactos

Pesquisar

Porto XXI
Takitudo

Ficha de Igreja

Igreja de S. Bento da Vitória

Igreja

Endereço:

Rua S. Bento da Vitória

4050 Porto

Situada no meio da Rua S. Bento da Vitória, este templo pertenceu aos monges beneditinos, sendo construída no século XVII no local onde outrora existia uma sinagoga.

A fachada é larga e monumental, limitando-se a sua decoração a molduras, com grande predomínio da linha recta. Tem uma divisão de quatro andares, sendo um marco do nascimento de um novo estilo, seiscentista/renascentista, que veio introduzir novas concepções na decoração aliadas a uma estrutura sóbria de fachadas simples.

Guardando o templo, na sua parte térrea encontramos separados por pilastras gémeas, cinco arcos de volta inteira. No gradeamento do portão central, vêem-se armas da Ordem de S. Bento.

Subindo um pouco deparamos com as esculturas de S. Bento, Sta. Escolástica e Sta. Gertrudes, abrigadas por nichos com sobrecéu em forma de concha.

Elevando a cabeça ao céu encontramos um janelão jesuítico de grandes dimensões que ilumina o coro alto do templo, acima e correspondendo às dimensões do janelão, o ultimo piso, ladeado por pirâmides, tendo ao centro um nicho que resguarda a imagem de Nossa Senhora da Vitória.

Os dois andares superiores fecham e ocultam a abóbada da nave. Cerca de doze metros atrás da frontaria, sobre as capelas laterais, estão as torres com cúpulas de tijolo.

O templo cruciforme está coberto por uma abóbada.

A preceder a nave existe um átrio, com abóbada de tijolo, na qual se firma o coro alto, decorado com belíssimos baixos-relevos estofados, nela foram também depositados dois órgãos do século XVIII. A decoração mural do coro alto, sobreposta aos cadeirais, é das melhores do país. Compõem-na trinta quadros de madeira esculpida em alto relevo, dispostos em duas filas e emoldurados com talha rococó. Fecha o coro um balcão balaustrado, obra da primeira metade do século XVII.

O interior da igreja esteve revestido a azulejos seiscentistas, dos quais restam apenas alguns no Museu Municipal e nas casa adjacentes ao convento.

Seis arcos plenos abrem para as capelas laterais, cobertas de abóbadas apaineladas.

Antecedem-nas pequenas balaustradas de pau preto e grades de ferro fundido (modernas).

Em três destas capelas existem retábulos de talha barroca da segunda metade do século XVII.

A capela-mor é toda abobadada e decorada por caixotões almofadados, tem seis janelas com sanefas entalhadas e grades de ferro. O retábulo em talha barroca-dourada assenta num embasamento de pedra.

No corpo elevam-se dois púlpitos com portas rematadas com imagens.

A nave do cruzeiro possui uma abóbada compósita: no centro esférica, e nos ramos cilíndrica.

Nos topos existem grandes retábulos de talha dourada barroca, que sobe até às cornijas.

Os retábulos colaterais são também em talha barroca, mas mais modestos.

A cobrir o arco cruzeiro, assente em pilastras dórico-romanas, há uma sanefa de talha rococó, com o brasão da Ordem de S. Bento.

O aceso à sacristia faz-se pelo corredor largo forrado por azulejos oitocentistas, realçando-se um lavatório com duas bicas, em granito e de estilo Barroco.

TRANSPORTES

Autocarros

Clique >> Mapa da Linha

20

Pr. da Liberdade

Pr.da Liberdade

35

Campanhã

Gomes da Costa

37

Pr. Almeida Garrett

Castelo do Queijo

41

Cordoaria

Gatões

76

Cordoaria

Leça da Palmeira

93

Cordoaria

Lavadores

78

H.S. João

Castelo do Queijo

PREÇOS

Entrada Grátis

 

 

Opções

Sugerir a um amigo

Imprimir Ficha
 Localizar no:

Mapa de Bolso

Mapa Interactivo

Clique na imagem para ampliar

 

[Adicionar aos Favoritos]    []    [Webmasters- Coloque no seu site]    [Recomende a um amigo]

[CHAT]    [Livro de Visitas]    [Crianças Desaparecidas]    [WebDesign]

Copyright © 1999 PORTOXXI.com - Todos os direitos reservados