xxx13 Porto XXI - Cultura
Home

Sexshop Ousadias

Estado do Tempo C

Pouco Nublado

02 Mar - 23:00

Tempo

Mapa

Jornal

Farmácias

Empresas

Onde Comer

Noite

Classificados

Contactos

Pesquisar

Porto XXI
Takitudo

Ficha de Igreja

Igreja da Nª Srª da Vitória

Igreja

Endereço:

Rua S. Bento da Vitória

4050-542 Porto

Contactos:

Tel: 222007182   Fax: Indisponível

A primitiva igreja de Nossa Senhora da Vitória foi edificada por volta de 1539 pelo bispo D. Fr. Marcos de Lisboa. Esta igreja quinhentista foi erguida no local da antiga Judiaria Nova, no Olival, derivando desse facto, segundo alguns historiadores, o nome que lhe foi dado, para simbolizar a vitória da religião cristã sobre a judaica.

"A construção dessa primeira igreja parece estar relacionada com um compromisso estabelecido, no princípio do século XVI, entre a Vereação da Câmara e os mercadores de roupas feitas e usadas (os adeleiros). Estes mercadores, estabelecidos em grande número na Rua de S. Miguel (uma das mais importantes da Judiaria desse tempo), tinham-se mudado para a zona da Ribeira, pensando que lá lhes correria melhor o negócio, por ser um lugar muito mais frequentado. Como este objectivo não foi bem sucedido, decidiram regressar à Rua de S. Miguel (já depois de extinta a Judiaria, em 1496), mas esse regresso levantou algumas divergências entre os próprios mercadores, querendo alguns deles permanecer na Ribeira, ao que se opunham os outros. O rei teve de intervir e a questão foi resolvida. Os mercadores (cristãos novos na sua maioria, ao que parece) ter-se-ão então comprometido a oferecer dinheiro para que a rua fosse pavimentada e edificado um templo nesse local; este será a referida igreja primitiva de Nossa Senhora da Vitória. "

O actual templo paroquial foi construído, entre 1756 e 1766, para substituir o anterior, pequeno e arruinado. A sua construção foi concebida com dinheiro do bispo D. Fr António de Sousa e com as esmolas dos fiéis, foi benzida em 1769, durante a vacância da Sé (l7661770). No período do Cerco do Porto (l832-34) a igreja foi frequentemente alvejada pela artilharia dos miguelistas postados em Gala, sofrendo consideráveis estragos. Motivo que levou, a partir de 1832, os serviços paroquiais a se transferirem para a vizinha igreja conventual de S. Bento da Vitória. Findo o Cerco, só em 1852 terminaram as obras de reparação na igreja paroquial. Em 1874, um incêndio destruiu o altar de Nossa Senhora da Vitória, aproveitando-se então para se dourarem os retábulos e se fazerem algumas alterações no interior da igreja, substituindo-se algumas das suas decorações mais características.

"Construído em estilo clássico com influências jesuíticas, este templo setecentista apresenta uma fachada simples mas agradável, toda em cantaria; abre-a um portal com colunas coríntias, que sustentam um frontão circular aberto, onde se insere o brasão dos Sousa e Arronches (família a que pertencia o bispo que a construiu); no centro da parte superior situa-se um grande janelão gradeado, ladeado por dois nichos sem imagens, encimados por frontões fantasiados. Remata a frontaria um frontão triangular, em cujo tímpano, no centro, figura um sol, alusivo, provavelmente, à Virgem padroeira. A torre, situada entre a nave e a capela-mor, tem base quadrada e termina numa vistosa cúpula piramidal, de pedra, ornada com fogaréus nos cantos. A nave, revestido de estuque, é coberta por uma abóbada de tijolo, sustentada por vários arcos; as quatro capelas laterais têm retábulos de talha rococó, idêntica à que reveste o arco cruzeiro, os púlpitos e duas grandes sanefas. No altar de Nossa Senhora da Vitória existe uma bela imagem da Virgem, em madeira, esculpida por Soares dos Reis (à qual a confraria mandou cortar a face, guardada presentemente no cartório paroquial, por não a achar convenientemente «religiosa», substituindo-a por outra feita por um santeiro). A capela-mor, de silharia e tecto de estuque, tem um notável retábulo de talha rococó, do século XVIII, muito superior à dos restantes ornamentos. "

Do tesouro desta igreja destaca-se um pálio de lhama de prata, com as armas, bordadas, do bispo D. Fr. António de Sousa, e alguns bons móveis do século XVIII.

TRANSPORTES

Autocarros

Clique >> Mapa da Linha

3

Pr da liberdade

Viso

6

Inst Sup de Engenharia

Bº Stª Luzia

20

Pr. da Liberdade

Pr.da Liberdade

24

Boavista

Cordoaria

35

Campanhã

Gomes da Costa

37

Pr. Almeida Garrett

Castelo do Queijo

41

Cordoaria

Gatões

52

Pr da Liberdade

Aldoar

76

Cordoaria

L

HORÁRIO

Terça a sexta
09.00-12.00/ 16.00-20.00
Sábado
09.00-12.00/ 14.30-17.00
Domingo
09.00-11.00
Encerra: segundas

PREÇOS

Entrada Grátis

 

 

Opções

Sugerir a um amigo

Imprimir Ficha
 Localizar no:

Mapa de Bolso

Mapa Interactivo

 

[Adicionar aos Favoritos]    []    [Webmasters- Coloque no seu site]    [Recomende a um amigo]

[CHAT]    [Livro de Visitas]    [Crianças Desaparecidas]    [WebDesign]

Copyright © 1999 PORTOXXI.com - Todos os direitos reservados